Quem sou eu?

As teorias da minha criatividade...

Um dia parei na frente do espelho e refleti, sim refleti a minha face, barba por fazer, cabelo sem pentear, óculos imundo e uma expressão séria, esse é o sujeito que sou por fora e por dentro tem órgãos vitais e ossos. Tenho a certeza que o mundo caótico que vivemos, poucas e raras pessoas me conhecem tanto por fora como por dentro, mas esse por dentro tem referência ao que sou psicologicamente e sentimentalmente, porém sempre questiono as pessoas como elas me interpretam. Questiono para buscar a minha identidade (não aquela que todos temos guardadas na carteira) e sim aquela que pode mostrar o que somos para a mudança desse mundo nas atitudes que tomamos pelos caminhos. Eu pareço querer ser uma “Metamorfose Ambulante” como era Raul Seixas, mas eu só quero ser o melhor pra cada um, sendo o mesmo sem mudar minhas atitudes e nem meu físico (não me refiro a músculos), quero carimbar a memória das pessoas sendo uma peça no quebra-cabeça vital dessas pessoas, se consegui, consigo ou conseguirei somente essas pessoas terão as respostas. Eu quero dizer que de vez enquando (sim só quando sinto vontade) eu bebo bebida alcoólica, ela não é a fonte da minha criatividade, pois não me recordo de ter criado nada bêbado, crio mais quando estou sóbrio, tomando banho e até no banheiro naquela hora que ninguém pode ajudar além de manter distância por causa do fedor. Eu escrevo minhas poesias, tento escrever letras de músicas, crio posts para os meus outros blogs, crio algumas frases, desenho e falo algo, por causa da minha mente que pensa muito e diversas coisas por segundo, até escrevendo isso pensei em escrever mais poesias, pronto finalizei as minhas teorias com a verdadeira teoria.

3 comentários:

  1. QUE LINDO AMEI VC É INFINITO . VOTOS DE VÂNIA

    ResponderExcluir
  2. Inspirador... É como se suas próprias teorias me fizessem refletir sobre mim mesma. Como se todos nós um dia acabássemos por criar nossas teorias e descrições, percebendo ou não.

    http://rayodesol-detudoumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Muito boa sua definição de si mesmo Arthur! Somos o que somos, e sempre que pudermos nos tornar melhores, é o que devemos fazer...
    Parabéns pela sua sinceridade em se auto descrever!
    Abraços

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir