22 de março de 2017

VOCÊ LEMBRA DELAS?

Hoje resolvi recordar duas grandes cantoras que fizeram sucesso quando apareceram, será que vocês lembram delas, vejam e me digam nos comentários.





Uma boa quarta-feira para todos...

17 de março de 2017

VIVA SÃO PATRÍCIO

Eu não sei nada e no Wikipédia também não achei nada interessante para dizer sobre o São Patrício e a única coisa acho que importa é que hoje é sexta-feira, estou de férias ainda e não fui para a Irlanda para comemorar o dia do São Patrício in loco porém estou aqui para fazer um post para ser "modinha" e comemorar algo que nem é do meu país e nem tem haver com a minha cultura, mais importante ainda vai ser eu deixar uma imagem linda que encontrei no Google quando pesquisei São Patrício e uma música que na minha opinião é a melhor música do Metallica mesmo não sendo deles e ainda por cima não sou fã dessa banda.



Uma boa sexta-feira para todos e um fim de semana ótimo que São Patrício abençoe todos.

16 de março de 2017

VÁLVULA DE ESCAPE


Após beber o forte café
Recém passado no coador
Tenho que rumar a pé
Hei de ser um rapaz trabalhador
Uma garra que segura essa oportunidade
Rezo para mudar a realidade

Vou sair sem rumo para me encontrar
Quero uma válvula de escape agora
Nada além de exílio temporário ou definitivo
Organizar minha bagunça que não é tão desorganizada
Sou apenas um pássaro fora do bando
Não quero ser igual a ninguém além de mim mesmo

Já escutei inúmeras desmotivações até agora
Quando consigo algo não é totalmente agradável
Mas quando não consigo é um desagrado certeiro
Não entendo essas cabeças confusas
Espero conseguir ser feliz nesse próximo momento
Farei com entusiasmo e muita dedicação

Arthur Claro

Essa poesia foi criada como uma motivação que criei para mudar a minha realidade que na época era de desempregado, sim me motivei e elaborei esta poesia em um momento de desemprego. A imagem foi encontrada no Google.

15 de março de 2017

TIM MAIA - QUE BELEZA

Há 19 anos o Brasil perdeu o Síndico da Música Popular Brasileira, o nosso grande Sebastião Rodrigues Maia (nome de batismo do Tim Maia), eu já fiz um post singelo, porém falei de uma relação que tive com as aparições dele no Faustão, vejam neste post TIM MAIA e também já postei outra música dele que gosto de ouvir, vejam neste post aqui TIM MAIA - ME DÊ MOTIVO, agora vou deixar outra música para vocês em homenagem a ele.

10 de março de 2017

EM VACAÇÃO*

Hoje após 1 ano e 11 meses e 9 dias trabalhando com alguns dias de descanso nos feriados e fins de semana, entro de férias (uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu) irei ficar 30 dias em casa só relaxando e quem sabe fazendo algo diferente, mas eu não vou abandonar o blog, quem sabe eu crie mais post elaborados, para comemorar vou deixar duas músicas para comemorar. Uma boa sexta-feira para nós e um fim de semana repleto de felicidades.

BAD REPUTATION - JOAN JETT


DANCING WITH MYSELF - BILLY IDOL


* EU TRADUZI AO PÉ DA LETRA A EXPRESSÃO EM INGRÊS "ON VACATION" QUE SIGNIFICA "DE FÉRIAS".

9 de março de 2017

CAGANIFÂNCIA (IRREALIDADE DÓCIL DOS HOMENS)


O parvo observa a movimentação da rua
A jovem meretriz desfila seminua
Terno e gravata são o novo uniforme do ladrão
Os policias sobem no morro para pegarem as propinas
Vítimas inocentes são atingidas por balas perdidas
Cidades sujas de poluição e corrupção

Pobres crianças esperando seus pais
Elas não irão vê-los nunca mais
Rezaram pedindo para verem seus pais voltando
Desistir não é a meta das crianças
Unidas para sempre e guardando boas lembranças
Elas se abraçam e continuam se amando

Com revólver de plástico ganha um diamante
Jovem menina de dezesseis anos já é gestante
O som do rap se mistura com os tiros
Crianças soltando pipas para avisar
Um código que a polícia vai cercar
Inocentes morrendo no fogo trocado de policiais e bandidos
Mundo profundo e imundo de um sobrevivente chamado Raimundo

Arthur Claro

Essa poesia foi criada ao acaso, eu fui escrevendo tudo que vinha na cabeça quando pensava neste país que vivo que tenho amor e ódio numa mesma proporção, a palavra título foi retirada do dicionário, ao ler esta palavra vi que fazia sentido nesta poesia, mesmo ela significando algo sem valor, porém na sequência do nome entre parenteses esta dizendo que é a irrealidade dócil dos homens (leia-se o nome da poesia "Com muito valor (realidade feroz dos homens)". Sim eu fiz uma poesia com valor porém com um título controverso. E vocês acham que fiz bem? A imagem é algo que achei interessante no Google para ilustrar esta poesia.

8 de março de 2017

MULHER BRASILEIRA - BENITO DI PAULA

Primeiramente Fora Temer (para não perder o costume) e depois que me desculpem as estrangeiras, mas brasileira é fundamental, sim parafraseei o poeta Vinicius de Moraes, porém com adaptações, eu quero desejar um FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER para todas as mulheres deste vasto Mundo que gira em torno de si mesmo e em volta do astro Rei, o SOL. Desculpem esta loucura inicial, pois sempre que me empolgo começo a mostrar um pouco do meu conhecimento que não é limitado e nem um pouco inerte, sempre aprendendo e ensinando quando possível. Hoje é mais uma homenagem a espécie mais linda criada das costelas de Adão (não vou entrar no mérito religioso, porém gosto de usar este simbolismo por mais que exista controvérsias), quero dizer que sou grato por ter mulheres na minha vida, pois elas me ensinaram a ser um bom homem que sou, aprendi a respeitar elas e as outras pessoas independente da diferença que tenha em relação a eu, foi com elas que vi que o mundo não pode ser igual e nem totalmente diferente, precisamos de uma harmonia para que exista um convívio sem conflitos. O título deste post é da música de Benito di Paula que exalta as mulheres brasileiras, fiquem com a música.


Agora leiam a poesia de Vinicius de Moraes de onde extrai o trecho da frase que adaptei.

Receita de Mulher - Vinicius de Moraes

As muito feias que me perdoem 
Mas beleza é fundamental. É preciso 
Que haja qualquer coisa de flor em tudo isso 
Qualquer coisa de dança, qualquer coisa de haute couture 
Em tudo isso (ou então 
Que a mulher se socialize elegantemente em azul, como na República Popular Chinesa). 
Não há meio-termo possível. É preciso 
Que tudo isso seja belo. É preciso que súbito 
Tenha-se a impressão de ver uma garça apenas pousada e que um rosto 
Adquira de vez em quando essa cor só encontrável no terceiro minuto da aurora. 
É preciso que tudo isso seja sem ser, mas que se reflita e desabroche 
No olhar dos homens. É preciso, é absolutamente preciso 
Que seja tudo belo e inesperado. É preciso que umas pálpebras cerradas 
Lembrem um verso de Éluard e que se acaricie nuns braços 
Alguma coisa além da carne: que se os toque 
Como o âmbar de uma tarde. Ah, deixai-me dizer-vos 
Que é preciso que a mulher que ali está como a corola ante o pássaro 
Seja bela ou tenha pelo menos um rosto que lembre um templo e 
Seja leve como um resto de nuvem: mas que seja uma nuvem 
Com olhos e nádegas. Nádegas é importantíssimo. Olhos, então 
Nem se fala, que olhem com certa maldade inocente. Uma boca 
Fresca (nunca úmida!) é também de extrema pertinência. 
É preciso que as extremidades sejam magras; que uns ossos 
Despontem, sobretudo a rótula no cruzar as pernas, e as pontas pélvicas 
No enlaçar de uma cintura semovente. 
Gravíssimo é porém o problema das saboneteiras: uma mulher sem saboneteiras 
É como um rio sem pontes. Indispensável 
Que haja uma hipótese de barriguinha, e em seguida 
A mulher se alteia em cálice, e que seus seios 
Sejam uma expressão greco-romana, mais que gótica ou barroca 
E possam iluminar o escuro com uma capacidade mínima de cinco velas. 
Sobremodo pertinaz é estarem a caveira e a coluna vertebal 
Levemente à mostra; e que exista um grande latifúndio dorsal! 
Os membros que terminem como hastes, mas bem haja um certo volume de coxas 
E que elas sejam lisas, lisas como a pétala e cobertas de suavíssima penugem 
No entanto sensível à carícia em sentido contrário. 
É aconselhável na axila uma doce relva com aroma próprio 
Apenas sensível (um mínimo de produtos farmacêuticos!) 
Preferíveis sem dúvida os pescoços longos 
De forma que a cabeça dê por vezes a impressão 
De nada ter a ver com o corpo, e a mulher não lembre 
Flores sem mistério. Pés e mãos devem conter elementos góticos 
Discretos. A pele deve ser fresca nas mãos, nos braços, no dorso e na face 
Mas que as concavidades e reentrâncias tenham uma temperatura nunca inferior 
A 37º centígrados, podendo eventualmente provocar queimaduras 
Do primeiro grau. Os olhos, que sejam de preferência grandes 
E de rotação pelo menos tão lenta quanto a da terra; e 
Que se coloquem sempre para lá de um invisível muro de paixão 
Que é preciso ultrapassar. Que a mulher seja em princípio alta 
Ou, caso baixa, que tenha a atitude mental dos altos píncaros. 
Ah, que a mulher dê sempre a impressão de que se se fechar os olhos 
Ao abri-los ela não mais estará presente 
Com seu sorriso e suas tramas. Que ela surja, não venha; parta, não vá 
E que possua uma certa capacidade de emudecer subitamente e nos fazer beber 
O fel da dúvida. Oh, sobretudo 
Que ela não perca nunca, não importa em que mundo 
Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade 
De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma 
Transforme-se em fera sem perder sua graça de ave; e que exale sempre 
O impossível perfume; e destile sempre 
O embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto 
Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina 
Do efêmero; e em sua incalculável imperfeição 
Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação inumerável.

Agora vejam as outras homenagens que fiz para as MULHERES


7 de março de 2017

SOCIEDADE ALTERNATIVA - RAUL SEIXAS

Esta é uma das músicas do Raulzito que eu gosto e sei cantar por inteira, pois ela foi acho que uma das primeiras que ouvi e me encantei pela letra, mas acho que não vou ficar enrolando, acho melhor colocar a música e deixar vocês ouvirem, só um último recado, vou colocar a versão de um disco ao vivo dele que eu comprei há um tempo atrás.

TOCA RAUL...


Sociedade alternativa - Raul Seixas

Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa! 
(viva! viva!) 
Viva! Viva! 
viva a sociedade alternativa! 
(viva o novo eon) 
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa! 
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa!
Se eu quero e você quer 
Tomar banho de chapeu 
Ou esperar Papai Noel 
Ou discutir Carlos Cardel 
Então vá
Faça o que tu queres pois é tudo da lei 
da lei
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa! 
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa! 
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa! 
Viva! Viva! 
Viva a sociedade alternativa!

3 de março de 2017

RITA LEE - MUTANTE

Uma música para relaxar nesta sexta-feira...


Uma boa sexta-feira a todos e que o fim de semana seja prazeroso para nós.

2 de março de 2017

EMBRIAGADO


O copo de rum para tirar o gosto ruim da boca
Mais uma dose de conhaque para espantar o frio
Ainda não perdi aquela velha mania de beber até cair
Ao copo que me embriaga
Obrigado por não me negar uma bebida
Vinho, uísque, cerveja, caipirinha e batida

Eu não sei o que posso fazer nessa escuridão
Não estou com medo desse lugar
Mas quero sair para ver a luz novamente
Prefiro a claridade das minhas idéias obscuras
A loucura me agrada mais que a normalidade
Embriagado de álcool ou de felicidade é o que estou

A sexta-feira parece não ter fim
Hey garçom desce mais um chope pra mim
Volto pra casa andando pela Rua Augusta
De repente vejo uma criatura de baixa estatura
Será uma criança se prostituindo?
Não... É o Anão Travesti (a coisa mais assustadora que já vi)

Fui matar minha sede de cachaça no buteco
A bebida é minha parceira desta vida e de outras também
Quando eu morrer plante uma cana na minha cova
Assim eu beberei o álcool direto da fonte
Eu me embriaguei tanto que quero dormir no chão
Vou ficar aqui deitado com a cachaça do meu lado

Apreciando o copo sobre a mesa de madeira
Pernas sem controle e a língua enrolada
O mundo virando vou sentindo com o meu corpo
Sim me embriaguei para me sentir mais leve
Agora quero ficar aqui esperando a ressaca passa
Nada melhor que ficar assim pelo menos uma vez

Arthur Claro

Essa poesia foi criada ao acaso, não escrevi ela embriagado, como já disse várias vezes nunca criei nada bêbado, a imagem é somente para fazer um alivio cômico. E o Anão Travesti foi um personagem que veio na mente quando estava pensando em criar umas tirinhas para o antigo blog que deu origem a este blog, mas não vem ao caso falar mais sobre este passado e se eu fosse vocês não pesquisaria isto no Google Imagens.

1 de março de 2017

VOLTANDO PARA A CASA DEPOIS DO CARNAVAL

Hoje é quarta-feira de cinzas, acabou o carnaval e então bora pegar a estrada e voltar para casa e para a rotina, mas as estradas estão cheias e então aqui vai um gif que mostra como não dirigir nas estradas...


Se dirigir não beba, mas se for beber me chama...