17 de abril de 2014

0% DE AMOR


Você acha que é esperta para me enganar
Sei que você tenta só de olhar nos olhos
Por mim nunca teve interesse
Pois eu não tenho o que você quer
Só tenho o que alguns homens não têm
Você me ignora por eu não ter “carráter”
E nem “per$onalidade”
Mas ainda assim te entendo
Sou mais feliz com o que tenho para oferecer
Tenho a plena certeza que tenho é 100% melhor
Que esse pensamento 0% de “amor” que você expressa
Sei que você prefere o “carráter” e a “per$onalidade”
Você engana dizendo que ama o dono dessas posses
O que eu tenho é simplesmente A-M-I-Z-A-D-E

Arthur Claro

Essa poesia eu retratei algumas mulheres que só gostam de homens com poderes aquisitivos superiores e de carros bons, tem um pouco de inspiração numa menina que eu conheci que só dava atenção (outras coisas eu não sei) para homens riquinhos. Acentuei as palavras Caráter e Personalidade com o duplo "R" e o "$" respectivamente para dizer as cobiças dessas mulheres, não são todas as mulheres que procuram isso dos homens, mas desculpe se ofendi alguém.

2 comentários:

  1. Roméria Ludovico17 de abril de 2014 10:04

    Ainda bem q eu não sou assim!

    ResponderExcluir
  2. Nossa não acho que você ofende ninguém porque existem muitas mulheres assim, e se são não devem se ofender com isso...
    Ficou muito boa a poesia poeta Arthur!!!
    Bjus

    ResponderExcluir