22 de maio de 2017

VOCÊ SABE QUEM FOI "JOAQUIM PEDRO QUINTELA"?

Começa hoje uma nova tag, é a estreia do "VOCÊ SABE QUEM FOI". Eu há um tempo atrás comecei a juntar informações tiradas do Wikipédia de personalidades com uma relevante importância e que eu julguei interessante compartilhar com vocês, para a estreia dessa tag escolhi o Joaquim Pedro Quintela, que foi o 1º conde de Farrobo.

Joaquim Pedro Quintela é herdeiro de uma grandiosa fortuna, ele foi um filantropo, mecenas das artes e promotor de manifestações artísticas, ele gostava de ostentar a sua riqueza fazendo festas com muita música e artes, nestas festas tinham muita gente, estas festas ganharam o nome de farrobodó que se assemelha com forrobodó.
A palavra forrobodó tem como um significado dentre outros, significa festa alegre.

Esta foi a tag "VOCÊ SABE QUEM FOI", se gostarem deixem nos comentários a sua opinião.

18 de maio de 2017

RETALHO ANTIGO


Quarto com a luz queimada
O menino faz injustiça com a própria mão
Um velho dança loucamente o rock n’ roll
A garota admite adorar uma lingüiça
Um anão é um grande lutador
Quinze segundos bem criativos

Arthur Claro

Essa poesia foi criada à toa e sem propósito numa noite de insônia e pouca criatividade, me digam algo aleatório que você refleti em 15 segundos. A imagem é meramente ilustrativa.

17 de maio de 2017

UMA HOMENAGEM AO MEU MELHOR AMIGO

Hoje é aniversário do meu melhor amigo, então hoje decidi colocar duas músicas que escolhemos como música que quando ouvíssemos um lembraria da amizade do outro e vice-versa, a primeira é Blowin in the wind do Bob Dylan e a outra é February Song do Josh Groban. Thiago me desculpe por fazer este post sem te consultar, mais o que vale é que eu não esqueci do seu aniversário, abraços meu caro Linnus Bohr.



ABRAÇOS DESSE LOUCO AMIGO QUE TE AMA

16 de maio de 2017

12 de maio de 2017

RESPOSTA DO DESAFIO DE 48 VERDADES E 2 MENTIRAS


Há duas semanas atrás, eu e o Emerson fizemos um desafio para vocês e infelizmente eu não obtive muitos comentários e nenhuma pessoa arriscou tentar adivinhar as minhas verdades e a minha mentira, mas mesmo assim hoje vou deixar aqui as respostas.

1- Eu já tive dengue;


3- Eu já fui mordido por um cachorro e tive que tomar 5 doses de antirrábica;

5- Já cheguei no cinema e assisti um filme que estava em cartaz sem saber nada sobre ele;

7- Eu já comprei um tênis All Star cor Rosa;

9- Eu tenho a Playboy da Grazi Massafera;

11- Eu tenho o Facebook da minha ex-namorada e da minha ex-sogra;

13- Meu primeiro registro em carteira de trabalho é de 1 mês de padeiro de um supermercado;

15- Já almocei no refeitório da Santa Casa da minha cidade;

17- Já atuei numa adaptação de uma peça de Willian Shakespeare;

19- Já escrevi uma música para uma menina que um colega esta apaixonado;


21- Já fui sem nenhuma companhia no show do Tom Zé sem saber quem ele é;

23- Tenho uma coleção de carrinhos da Hot Wheels;

25- Já torci para o Vasco da Gama;

27- Já andei de cavalo; MENTIRA

29- Já tentei fazer uma menina gostar de mim, fazendo desenhos de personagens do Dragon Ball para os irmãos dela;

31- Já comprei um colar para uma menina que eu era a fim;

33- Já comprei 2 livros que comecei a ler e nunca terminei;

35- Só fui uma vez no motel;

37- Tenho vontade de conhecer o Chico Buarque pessoalmente;

39- Já recebi uma mensagem no Facebook do dublador Guilherme Briggs;

41- Já peguei o autógrafo do Eduardo Suplicy;

43- Não tenho CNH (Carteira Nacional de Habilitação);

45- Já fiz o Teste Rorschach, aquele que tem que interpretar borrões em folhas de papel;

47- Já fui ameaçado de apanhar por ter adicionado no ICQ uma menina que namorava;

49- Não sei ver as horas em relógios analógicos;

Agora que vocês virão as minhas respostas, vão até o blog do Emerson que é www.jj-jovemjornalista.blogspot.com.br para ver as respostas dele. Um bom fim de semana para vocês.

11 de maio de 2017

PALAVRAS AO VENTO DA CRIATIVIDADE


Fico triste por não ser poeta
Pois já escrevi diversas palavras desconexas
Criei sentimentos nos leitores
Uni a realidade com a fantasia
Ansiei um reconhecimento natural
Fiz do meu ócio criativo um deleite agradável

Para ser um poeta preciso escrever rebuscado?
Ou saber o poder das palavras?
Eu apenas escrevo o que passa na minha cabeça
Rimas naturais ou forçadas quase nem aparece
Criatividade é quase uma obsessão
Palavras o que é do mundo sem elas?

Amor e ódio podem ser temas de poesias
Pessoas reais e personagens fictícios também
Mas o que não pode faltar são as palavras
Diretas ou ocultas nas entrelinhas
Basta eu querer escrevê-las para serem lidas
Quem lê minhas poesias podem ter suas interpretações

Não quero que tentem encontrar o que eu quis dizer
Pois só quero uma distração nas mãos dos leitores
Loucura é... (Aqui não escrevo, você leitor deduza)
Mantenham as palavras na moda
Crie suas próprias alegrias de um tédio
Obrigado por lerem tudo que escrevi

Hey você que acha minhas letras sujas
Você não é obrigado a ler e gostar
Só respeite a minha liberdade de se expressar
Não quero suborno para calar a minha poesia
Principalmente quando a expressão é importante
Assim não vou alienando simples mortais

Arthur Claro

Essa poesia foi criada mostrando um pouco do que eu sou e do que crio, será que consegui exemplificar? A imagem é meramente ilustrativa.

10 de maio de 2017

DIA DAS MÃES

No dia 14 de maio de 2017, será comemorado o dia das mães, para isso eu selecionei quatro mulheres que já passaram dos 40 anos e continuam lindas e são mães, estas mulheres são consideradas MILFs*.

Danielle Winits

Marisa Tomei

Letícia Spiller

Sandra Bullock

Um Feliz Dia das Mães para todas as mães.

*MILFs: É um acrônimo da língua inglesa formado pelas palavras 'Mother I'd Like to Fuck' aonde podemos traduzir como 'Mães que eu gostaria de transar'.

8 de maio de 2017

DESAFIO: 18 ITENS NOSTÁLGICOS PARTE 3

Voltei para fazer mais um desafio com 18 itens nostálgicos, eu por enquanto estou com 36 itens lembrados, puderá né, sou o dono do blog e criador dos posts, vocês também estão se lembrando de todos? Agora vamos parar de enrolação e começar a baixaria, digo começar a seleção de itens.

1- Bolinha de chocolate em forma de bola de futebol. esta iguaria eu comia como louco e ainda brincava de dar petelecos na bola antes de comer, hoje em dia não como muito, mas só de ver bate a nostalgia e o sabor de chocolate hidrogenado;


2- Copos de requeijão com imagens, era de uma época aonde os requeijões eram vendidos em copos de vidro e tinha desenhos nele, mas como bom "pobre" comíamos o requeijão e guardávamos o copo para beber água, refrigerante e suco, aqui em casa ainda tem um com os mamíferos da Parmalat e outro do Palmeiras que foi "herdado" do meu vô que era Palmeirense, porém eu tinha um do São Paulo, mas provavelmente quebrou numa das mudanças de casas que fiz;


3- Calça que tirava a parte de baixo e virava bermuda, todo menino tinha essa calça na época do seu auge, se eu não me engano tive duas, era boa essa calça, pois eu usava para dias que tinha Educação Física na escola, chegava na hora da aula, eu só tirava a parte de baixo e já tava de uniforme;


4- Skate de dedo, altas manobras que eu tentava dar com os dedos, até hoje não consigo nem andar em um Skate de verdade e no Skate de dedo, mas eu depois de grande achei um Skate de dedo para vender numa loja e comprei, ele esta guardado junto com a minha coleção de Hot Wheels;


5- Pasta de dente Kolynos, uma pasta de dente comum e sem muito segredo, mas o comercial era muito bom e hoje em dia esta pasta virou a pasta de dente Sorriso;


5.1 - Comercial da Pasta de dente Kolynos, vejam o comercial da pasta de dente;


6- Estojão, era um estojo enorme com canetinha, lápis de cor, lápis preto para desenhar, borracha, régua, apontador, giz de cera, aquarela, pincel e cola, pelo menos era isso que tinha no que eu tive, mas quem tinha isso era rei/rainha da sala;


7- Cola líquida da Tenaz, quem já teve que levar para escola somente cola líquida para escola e não podia ser de bastão? Eu usava para fazer as colagens e depois ficar passando na palma da mão esperando secar para ficar tirando a "pelinha" parecia que estava tirando a pele da minha mão, altas brincadeirinhas;


8- Nota de 10 Reais de plástico, um dinheiro de verdade feito de plástico, foi uma comemoração aos 500 anos do Brasil e então fabricaram esta nota para comemorar, tinha um detalhe, esta nota não amassava e muito menos rasgava com facilidade;


9- Disquete 3 1/2, unidade de armazenamento de textos não muito grande porém somente ele e mais nada, pois não cabia muito arquivo, eu usei para guardar algumas histórias que eu adorava escrever, porém hoje em dia não tenho nenhuma, mas pessoas mais velhas que eu usaram para salvar currículo, ainda tinha alguns que serviam para instalar jogos tipo o Doom e até para formatar o Windows serviam, mas infelizmente a maioria dos disquetes eram propensos a vírus e então quase sempre o computar era infectado; 


10- Guarda-chuvinha de chocolate, era a mesma história do chocolate em forma de bola de futebol, mas tinha o desafio de abrir a embalagem sem deixar a ponta do guarda-chuva dentro da embalagem;


11-  Bets ou taco ou um nome que não sei como é na sua cidade, é um jogo aonde consiste em uma dupla tenta bater numa bolinha de plástico ou de tênis com um taco enquanto a outra dupla que arremessa a bolinha tenta derrubar a garrafa de plástico, tijolo ou lata de óleo, quem está com o taco não pode bobear com o taco fora da casinha se não quem estiver com a bolinha pode derrubar com os pés, mas não ficar falando da regra, pois não lembro muito delas, mas tem uma regra que se quem estiver com o taco bater na bolinha e ela for para trás por três vezes ele perde o taco e vai arremessar a bolinha;


12- Salgadinho sabor cebola, porém nem tanto, era um salgadinho em forma de circulo e tinha uma leve lembrança de sabor de cebola, eu adorava comer e colocar em todos os dedos da mão e ir comendo, vide a imagem abaixo que explica o que eu fazia, porém não com as unhas pintadas de esmalte;


13- Fitas de vídeo-game, eu não tive um Nintendo e nem Megadrive que eram os vídeos-games mais fodas que tinham quando eu era pequeno, porém tive um Turbo Game da CCE, aonde eu e minhas três irmãs mais velhas jogamos muito Dizzy Egg e The Blues Brothers (Irmãos Caras de Pau);


13.1- Turbo Game, o vídeo-game que eu tive quando era mais novo;


14- Mini-craques da Coca-Cola, eram miniaturas com cabeças grandes de jogadores da Seleção Brasileira na Copa de 1998, eu tive alguns e tive o trio Dunga, Ronaldo e Romário;


15- Lego, eu ganhava uma mesada do meu pai e comprava caixinhas pequenas de Lego e com isso cheguei a ter um balde grande e azul cheio de peças de Lego, eu ia guardar para o meu filho, mas infelizmente perde muita peça e perdi esta caixa muito antes de ter filhos, agora o que me resta e esperar ter um filho e comprar Lego, desde já estou fazendo uma reserva de grana, pois o Lego esta caro hoje em dia e imagina quando eu tiver um filho com com certeza esta mais caro, vale lembra que eu adorava brinca de montar casas possíveis com as peças que eu tinha, carros e naves também, porém nunca tive Lego daqueles que vinha peças específicas para montar estas coisas, só alguns que eram carros que vinham pré-montados só precisava encaixar algumas peças e colar alguns adesivos;


16- Chinelos Rider, eu não sabia andar com chinelos Havaianas, pois me enrolava em colocar a tira entre os dedos e coordenar a passada, então eu só usava os chinelos Rider, hoje em dia consigo andar com Havainas, mas prefiro usar a minha sandália de velho aposentado, qualquer dia eu tiro uma foto e mostro para vocês ou ando descalço pela casa, quase nunca uso Havaianas que eu tenho;


17- Plantar feijão no algodão, uma experiência que fazíamos a pedidos da professora para vermos que é possível plantar feijão no algodão;


18- Caderno de Caligrafia, um caderno aonde é utilizado para "melhorar" o garrancho da criança, leia-se ensinar escrever com as letras bonitas, sim eu fiz vários cadernos de caligrafia na minha infância, eu até hoje não gosto da minha letra por mais que muita gente diz que ela é linda e compreensível, qualquer dia posto uma imagem da minha letra, quem sabe eu não faça uma tag de usar postagens escritas com a minha letra.


E aí crianças que não são mais crianças estão sentindo a dor nas costas? Já estão tomando seus remédios para dores? Esta controlada a diabetes? Eu ao finalizar este post completei 54/54 pontos e vocês? Vejam os posts anteriores, DESAFIO: 18 ITENS NOSTÁLGICOS e DESAFIO: 18 ITENS NOSTÁLGICOS PARTE 2Quem tiver sugestão de post ou de algo que lembre a infância deixe seu comentário. Boa semana a todos.

4 de maio de 2017

EU QUERO VOCÊ


Escolhi você para amar com sinceridade
Quero somente os seus beijos para mim
Eu não escondo de ninguém o que sinto
Quando te beijei pela primeira vez foi maravilhoso
Vinte e três de outubro é uma data linda
Vinte e três de outubro é inesquecível

Quantos “Eu te amo” já dissemos e quantos vamos dizer?
Eu te amo minha única borboletinha ou seria passarinha?
Querida por mim com muito amor
Escute meu coração batendo por você
Vinte e três de outubro é uma data linda
Vinte e três de outubro é inesquecível

Exatamente há três anos beijei quem EU AMO
Quantos beijos foram e quantos iremos dar?
Eu só quero a sua felicidade me chamando de “bobo”
Quando você me chama assim sei que você está feliz
Vinte e três de outubro é uma data linda
Vinte e três de outubro é inesquecível

Arthur Claro

Essa poesia foi criada para uma namorada que eu tive, agora estou solteiro.

3 de maio de 2017

QUANDO BATE AQUELA SAUDADE - RUBEL

Há um tempo atrás passeando pelo Youtube eu encontrei essa música e eu gostei a primeira vista, escutem com o coração.



Que é você que tem os olhos tão gigantes e a boca tão gostosa...

27 de abril de 2017

OS ACONTECIMENTOS MUNDANOS (MISÉRIA NO PAÍS DA MISÉRIA E DA DESIGUALDADE)


Observando as espécies de seres humanos
Vi homens saciando a sede de morte
Mulheres se prostituindo para alimentar seus filhos
A ganância gerando a miséria de um país
Homens covardes sodomizando mulheres indefesas
Crianças sem inocência, saúde e educação
Homossexuais mortos por parvos preconceituosos
Governo e anti-governo todos iguais sem caráter
Um futuro de presente e passado condenados
Promessas ilusórias e repetitivas do mesmo mentecapto

Arthur Claro

Essa poesia foi criada a partir de um reflexão sobre o Mundo.

26 de abril de 2017

21 de abril de 2017

DESAFIO DE 48 VERDADES E 2 MENTIRAS


No post de hoje da tag JORNALISTA ≠ é um desafio para vocês leitores, eu e o Emerson decidimos elaborar 50 fatos sendo 25 de cada um e destes 25 dividimos entre 24 verdades e 1 mentira, será que vocês conseguem descobrir quais são os meus fatos, quais são os fatos dele e quais são os fatos mentirosos? Leiam com atenção para tentarem descobrir.

1- Eu já tive dengue;

2- Conto quantas horas vou dormir todas as noites;

3- Eu já fui mordido por um cachorro e tive que tomar 5 doses de antirrábica;


4- Assisto várias séries ao mesmo tempo;

5- Já cheguei no cinema e assisti um filme que estava em cartaz sem saber nada sobre ele;

6- Fiz vestibular para Letras- Português e depois troquei para Jornalismo;

7- Eu já comprei um tênis All Star cor Rosa;


8- Minha professora de matemática pedia minha régua de madeira de 60 cm para assustar os alunos;

9- Eu tenho a Playboy da Grazi Massafera;

10- A primeira vez que eu levei ovada na cabeça eu chorei;

11- Eu tenho o Facebook da minha ex-namorada e da minha ex-sogra;


12- Meu primeiro beijo foi com 11 anos atrás da escola;

13- Meu primeiro registro em carteira de trabalho é de 1 mês de padeiro de um supermercado;


14- Quando criança corria atrás de pombos e os achava bonito, quando cresci minha paixão por eles continuou;

15- Já almocei no refeitório da Santa Casa da minha cidade;


16- Nunca usei gesso;

17- Já atuei numa adaptação de uma peça de Willian Shakespeare;


18- Já pulei o portão da minha casa pra entrar porque não tinha chave e fiquei preso lá em cima;

19- Já escrevi uma música para uma menina que um colega esta apaixonado;


20- Não tenho nenhuma camisa rosa;

21- Já fui sem nenhuma companhia no show do Tom Zé sem saber quem ele é;


22- Nunca trabalhei de carteira assinada;

23- Tenho uma coleção de carrinhos da Hot Wheels;


24- Tenho uma foto com o Dedé Santana;

25- Já torci para o Vasco da Gama;


26- Quando estava na quinta série fiz cocô durante a aula nas calças porque estava com vergonha de pedir pra professora;

27- Já andei de cavalo;

28- Odeio notícias sensacionalistas e de crime;

29- Já tentei fazer uma menina gostar de mim, fazendo desenhos de personagens do Dragon Ball para os irmãos dela;


30- Já tive um blog pessoal onde postava meu dia a dia e coisas da minha vida, mas o exclui;

31- Já comprei um colar para uma menina que eu era a fim;

32- Já tive um blog de discussões religiosas, mas o exclui;

33- Já comprei 2 livros que comecei a ler e nunca terminei;


34- Quando mais jovem era viciado em filme de terror. Hoje em dia não assisto mais;

35- Só fui uma vez no motel;


36- Eu odeio pequi;

37- Tenho vontade de conhecer o Chico Buarque pessoalmente;

38- Já fui confundido com um boliviano, índio e japonês;

39- Já recebi uma mensagem no Facebook do dublador Guilherme Briggs;

40- A minha gata de estimação me viu antes de morrer;

41- Já peguei o autógrafo do Eduardo Suplicy;


42- Quando estava na fila do passe livre, uma vendedora de cosméticos se apaixonou por meu cabelo e perguntou se a menina que estava do meu lado era minha namorada;

43- Não tenho CNH (Carteira Nacional de Habilitação);


44- Odeio comer pizza ou qualquer outra besteira na hora do almoço. Meu negócio é arroz com feijão;

45- Já fiz o Teste Rorschach, aquele que tem que interpretar borrões em folhas de papel;


46- Amo filme e cinema apesar de quase não assistir nem ir;

47- Já fui ameaçado de apanhar por ter adicionado no ICQ uma menina que namorava;


48- Gosto de realitys shows mas já estou enjoado de The Voice Brasil e The Voice Kids;

49- Não sei ver as horas em relógios analógicos;

50- Minha ex namorada me aceitou como amiga no Facebook mas não no Instagram e eu fico me perguntando o por quê disso. Ainda continuo mandando solicitação no Instagram pra ela.

Agora é com vocês caros leitores, descubram quais são os meus fatos, quais os fatos são do Emerson e quais os fatos que são mentirosos de cada um. Na próxima tag JORNALISTA ≠ deixarei a resposta desse post, aguardem. Beijos e abraços, um bom feriado para vocês e um ótimo fim de semana.

20 de abril de 2017

O MENDIGO E O POETA


O tempo deixou suas roupas puídas
Barba longa e cabelos sujos
Dentes podres, unhas negras e compridas
Corpo esquelético aparecendo os ossos
Olhos cheios de esperança

Ele um pobrete que ninguém quer ver
Casaco velho com bolsos furados
A calça rasgada nos joelhos
O sapato tenta proteger os pés imundos
Esparadrapos podres nos dedos da mão

Papéis circundam seu aconchego
Come a comida fria por não ter fogo
Sacia a sede com restos das garrafas de bebida
Pessoas caridosas são raridades
Mais um dia se acaba sem mudança

Ele é um exímio no improviso
Tem uma vida de boêmio noturno
Padece sozinho na sarjeta
O álcool esquenta o frio
Esquecido ou isolado na escuridão

Na rua o inevitável pode ser o casual
Cruzar a fronteira da realidade com a loucura
Quem sabe quem é quem?
O Poeta é o Mendigo?
O Mendigo é o Poeta?

Arthur Claro

Essa poesia foi criada numa tentativa de fazer um paralelo sobre um Mendigo e um Poeta. A imagem é meramente ilustrativa e nem foi ela que inspirou esta poesia, mas acho que ela meio que combina com essa poesia. Eu quero saber se você (leitor) consegue distinguir quem é o Poeta e quem é o Mendigo dessa poesia.

14 de abril de 2017

PÁSCOA


Hoje é Sexta-Feira da Paixão, isso quer dizer o que? Segundo o site Wikipédia, quer dizer que é uma data aonde é lembrada a crucificação de Jesus Cristo e a sua morte no Calvário. Foi com a delação premiada de Judas Iscariotes que recebeu 30 moedas de prata para entregar Jesus. Amanhã será o Sábado de Aleluia, que segundo o Wikipédia é o dia que se celebra o corpo sepultado de Jesus e no Domingo é a Páscoa que é a celebração da ressurreição de Jesus. Eu fiz este breve post somente para deixar uma Feliz Páscoa para todos.

13 de abril de 2017

APAIXONADA ETERNAMENTE


Amor verdadeiro foi eterno até quando durou
Relações sexuais prazerosas que foram perdidas
Inesquecíveis momentos que juntas vivemos
Noites solitárias a partir de agora vamos passar
Após essa separação vou tentar me entender
Os sentimentos sinceros agora estão no fim

Passo os últimos dias da minha vida solvendo vinho
As últimas semanas passo ouvindo um ótimo clássico
Recebo meus medicamentos mortais nesse momento funesto
Entre viver ou morrer entrego esse poder a Deus
Milésimos de segundo são eternos quando se está debilitada
Quem me dera ter o poder de voltar atrás pra consertar os erros

Ainda estou viva esperando a sua última visita
Sim anseio essa possibilidade pouco provável
Quero ouvir a sua voz e sentir o seu perfume
Mais um dia passa e você não apareceu
Leio novamente a última carta que você me escreveu
Uma lágrima escorreu dos meus fracos olhos

Inevitável é a palavra que percorre meus pensamentos
Recordações do tempo de amar e ser amada
Drogas mortais e curáveis são meu cotidiano
O Sol e a Lua me visitam pela janela
Cadê você que me dava força?
Estou com saudades de você ao meu lado

Xícara de café antes do último cigarro
Comecei a fumar depois que você me abandonou
O médico me liberou me deixando com esse vício
Mas eu queria estar mais viciada em você
Seus lábios nos meus sem ter fim
Vou morrer antes que eu possa te ver

O último dia está se aproximando lentamente
As horas vão passando no mesmo ritmo
A saudade vai aumentando cada vez mais
Minhas lágrimas não têm vergonha de cair
Já te liguei inúmeras vezes e deixei vários recados
Mas nada de você querer me ver

Não entendo esse seu desprezo mordaz
Parece que você não me amava de verdade
Quem desviou a sua atenção que era em mim?
Qual o motivo de me tratar assim?
Estou perdendo as esperanças em te vê
Não quero partir sem vê-la pela última vez

Ansiedade de uma pessoa que te ama muito
Estou sofrendo muito só de ver seu 3x4
Não quero ficar chorando e te esperando
Quero ver somente a tua bela face
Pelo menos sentir seu perfume
Quero ser feliz por míseros segundos

Dor violenta no coração que ama
Sofrimento invadindo o lugar do sentimento
Choro infindável obscurecendo o sorriso
Tempo correndo alucinado após lentidão
Solidão de um quarto escuro e frio
Uma voz no imaginário solitário

Agora vou morrer sem te ver
Não escolhi esse fim para mim
Fecho os olhos lentamente sem lutar
Coração vai inquietando junto com os outros órgãos
Eutanásia é a resposta do meu sofrimento
Agora você chega e me vê morta por ti

Arthur Claro

Essa poesia é mais uma com o pensamento feminino, uma despedida sem adeus, uma poesia ultrarromântica.