14 de julho de 2016

NÃO DECLARO NADA

Poucos compreendem o que pretendo dizer
Mas quando digo não sei o motivo
A causa alienada de uma expressão mordaz
Cáustico mundo cáustico que ninguém entende
Aprendemos na escola a obedecer algumas ordens
Regras que nem sempre tem uma notória restrição
Censuram uma expressão que cedo ou tarde acontecerá

Arthur Claro


Essa poesia foi criada sem motivo algum e a imagem é meramente ilustrativa e nada mais que o disco "Todos os olhos" do Tom Zé que alguns dizem que é a fotografia do refrão da música que eu coloquei só para descontrair, pois a poesia não tem nada de tão especial. A música também não tem nada haver com a poesia, só coloquei para dar mais emoção ao post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário