26 de maio de 2016

TRISTE NOTÍCIA


Meu caro amigo Linnus numa fria madrugada eu encontrei a tuberculose
Agora acordo toda madrugada por uma crise de tosse
Estou tomando o xarope e fazendo inalação
Não se preocupe vou continuar a viver e a ser aedo
Estou me cuidando e me deitando mais cedo
Saiba que penso em você a todo o momento com o meu coração

Quando percebi que tinha encontrado a tuberculose pensei em te avisar
Perdoe-me pela demora só quis ser cuidadoso para não te assustar
Vou melhorar com certeza para nós conversarmos como antes
Espero que essa tuberculose foi só um aviso para eu diminuir minha vida boêmia
Agora vou me tratar e regular as horas do meu dia
Tenho certeza que vamos conversa sobre tudo exclusivamente das amantes

Meu caro amigo Linnus não te avisei antes por saber das suas obrigações
Não pense que fiz essa escolha por más intenções
Só esperei começar uma melhora para deixar esse recado
Assim tenho a certeza que você ficaria tranqüilo e não iria esquecer da faculdade
Sei que demoro em te avisar meu melhor amigo de verdade
Aonde quer que você esteja ou qualquer decisão que tomar eu estarei do seu lado

Arthur Claro

Essa poesia foi criada quando eu fiquei doente, escrevi numa madrugada como se fosse uma carta para o meu melhor amigo, ela é inspirada em realidade com pitadas de ficção.

Um comentário:

  1. Um poema feito num momento angustiante. Triste mas muito belo.
    Beijos.

    ResponderExcluir