31 de março de 2016

EXISTÊNCIA DO MEU SER


Um dia pensei em ser o que já existia
Quando existo não tenho consciência do que seria
O ser e o existir parecem iguais na frente do espelho
Mas o ser tem suas qualidades e seus defeitos
Já se eu existir é para poucos os deleitos
No coração sou novo somente na idade posso existir velho

Descobri que o ser é um estado de espírito
O existir é o que todos notam com muito êxito
Quando sou criança quero existir adulto
Mas quando existo adulto quero ser criança
Sempre sonhei em poder existir a esperança
Foi num livro que li que me fez ser culto

No mundo espiritual sou o quero ser
Já no mundo real tenho que existir para viver
Minha mente dividida em duas opiniões
Não posso ficar escolhendo em qual quero seguir
Tentei em existir sem ser e ser sem existir
Mas só consegui ter várias frustrações

Arthur Claro


Essa poesia foi criada sob encomenda de uma amiga que queria uma poesia sobre essa reflexão sobre o "ser" e o "existir", reflitam vocês também. A imagem foi retirada do Google e é meramente ilustrativa.

2 comentários:

  1. Achei lindo essa poesia. Você leva jeito pra escrever, parabéns! O tema é bem legal também, andei refletindo sobre isso também. Continue a escrever!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da poesia, e ela nos leva a reflexão do que realmente queremos ser!
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir