14 de maio de 2015

O SONHO DELEITOSO QUE TIVE


Sonhei com a sua bela tez alva
Vi seus olhos castanhos brilhando
Seus cabelos negros se movimentam com o vento
Os lábios formam um belo sorriso
Acordei bem alegre de saber que sonhei com você
Passei o dia inteiro pensando em você
Seu sorriso não sai da minha lembrança
Vento bate nesses seus cabelos negros
Flertar seus olhos castanhos me fascina
Quero beijar sem parar a sua tez alva
Seu corpo nu a lua ilumina sua pele alva
Seus olhos castanhos cerram num cochilo
Seus cabelos negros se molham com o orvalho
Seu sorriso agora não aparece mais
Sonho novamente com você ao meu lado

Arthur Claro

Essa poesia foi criada sobre um sonho que pode ou não ter acontecido (eu não lembro), mas o importante é que eu demonstrei o amor nos versos e transcrevi o sonho.

Um comentário:

  1. Bela poesia! Tomara que o sonho realmente tenha acontecido, mesmo que você não lembre conscientemente...
    As vezes os sonhos nos trazem algo, ou alguém que não temos, mas queríamos ter...
    E que seja ao menos em sonho...
    Beijos Arthur

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir