5 de fevereiro de 2015

SARAH



Olha a hippie pedindo Paz e Amor
Seus anseios são com nenhum temor
Verdes olhos iguais à mãe-natureza
Tem nojo da guerra sem razão
Vive procurando uma verdadeira paixão
Cabelos negros realçam a sua beleza

Oh luar ilumine essa doce garota
Não quero a ver chorar nenhuma gota
Sorriso maravilhoso de se encantar
Tez branca como a linda neve
Vento sopra seus cabelos super leve
Essa poesia para você vou declamar
Arthur Claro

Essa poesia foi criada no tempo que eu fazia cursinho pré-vestibular, eu fiz a poesia e logo em seguida fiz um desenho da personagem, o nome dela veio do nada na cabeça, o desenho foi um dos melhores que eu fiz de uma mulher, assim que der mostrarei pra vocês, essa poesia não foi criada para nenhuma mulher específica, foi só um momento de inspiração de quando eu estava com pensamentos hippie.

2 comentários:

  1. Gostei da poesia.
    E nela tem dois nomes que adoro (Sarah, da minha sobrinha) E o outro escondido nas entrelinhas rs

    Quero ver o desenho heim..bjs

    ResponderExcluir
  2. Espero logo poder ver esse desenho.
    Sarah é um lindo nome, que certamente se eu tiver uma filha um dia, ela se chamará assim, sempre amei esse nome, assim como amei a poesia...
    Bjus

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir