20 de janeiro de 2015

A NOIVA VESTE LUTO


Helenna está impaciente, ela fica andando de um lado para o outro, pois hoje é o dia que sempre sonhou, ela vai se casar com Lúcio, o homem que transformou a vida dela, ontem ela tentou dormir porém a impaciência não deixou, enquanto Lúcio bebia com os amigos em um buteco qualquer, ele estava feliz, pois o seu melhor amigo tinha retornado de uma viagem perigosa em terras Islâmicas, enquanto Helenna procurava alguma coisa para assistir na televisão. Algumas horas se passaram e Helenna finalmente dorme e Lúcio ainda está no buteco. Voltando ao dia de hoje, Helenna está no salão de beleza se preparando para finalmente se casar depois de alguns relacionamentos que não tiveram sucesso, mas mesmo assim continua impaciente, parece que ela estava prevendo algo de ruim, enquanto isso na igreja estavam arrumando os últimos detalhes dos enfeites, passando o som da banda que tocaria as músicas que irá ser executadas, faziam testes nas luzes para ver se não terá perigo de falhar na hora que for necessário, também testavam o projetor que projetará as passagens da missa, o padre está passando as leituras litúrgicas enquanto passa sua batina, alguns ministros de cerimônias organizam os objetos que o padre irá usar, a pessoa que ficou responsável pela decoração do salão de festas também está dando os últimos acertos para não dar nada errado, Helenna só não está roendo as unhas, porque suas unhas estavam sendo esmaltadas pela manicure, as horas parecem demorar para passar parecendo provocar mais raiva na Helenna.  São exatamente 3 horas da tarde e quando tudo parecia bem, o celular de Helenna toca, uma de suas amigas que está no salão com ela atende o telefone, ela se distancia de Helenna para poder ouvir melhor a ligação.

A história não acabou, para mim continuar preciso do comentários de vocês dizendo o que acharam desse começo de conto.

7 comentários:

  1. Nossa...Nem acabou o conto e já mexeu com todas as minhas emoções.
    Pelo título já se vê que o conto não será de um final feliz, ainda assim a curiosidade ta em alta....Faça o favor de terminar o mais breve possível, seus fãs agradecem.

    Seu talento eh demais....continue ;) bjs

    ResponderExcluir
  2. Oioi! Eu acho que ficou muuito interessante, nos faz ler violentamente... Ficou delicioso! Sério, chega dar água na boca. Só acho que você tem que colocar mais emoção na escrita. E cuidado para não colocar vírgulas demais e esquecer do ponto final de vez em quando. Use mais exclamações. E (agora é coisa minha, não sei se esse conto seu tem espaço para isso) eu gosto de colocar o pensamento dos personagens às vezes. A sua ideia está fantástica, falta lapidar um pouquinho!
    Ahhh! E eu quero ler o resto logo! Corra!!!!
    Violetas Roxas | Facebook | Instagram | Twitter | Youtube

    ResponderExcluir
  3. Epa, já gostei, irei seguir para ler a continuação, espero que continue, hein!
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Arthur, tudo bem? Gostei da ideia e acho sim que vc deve continuar. Adoro um drama, kkkk
    Só acho que as frases estão muito longas. Revise um pouco mais e coloque frases um pouco mais curtas, para que seus leitores possam respirar, ahsuahushaush.
    Fora isso, acho que está muito bom :)
    Abraços
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Achei legal o conto, e já estou esperando a continuação, e saber o que diz esse telefonema...
    Abraços

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amei, continuação por favor. *u*

    http://geovanasilvabs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir