30 de setembro de 2014

PRIVADAS E URNAS ELETRÔNICAS



Daqui há exatos 5 dias, haverá eleições... Uhuuuuu (ironia), eu nunca gostei muito de política, pois tenho meus motivos. Tenho admiração por alguns políticos e por um partido em especial. Mas hoje não vou falar sobre o partido e nem os políticos que tenho admiração. Vou falar sobre uma comparação que fiz sozinho e sobre o meu ponto de vista, não quero influenciar ninguém.
  • Em um dos dois você manda a merda embora;
  • Nos dois o que você faz é secreto;
  • Em um dos dois você não demora 4 anos para frequentar novamente;
  • O que você faz em um não pode ser feito no outro;
  • Você não pode ficar indeciso em nenhum dos dois;
  • O que você faz nos dois é de sua responsabilidade;
  • Nos dois dependendo do que você faz pode voltar contra você;
Agora fiquem com uma música que traduz um pouco do meu pensamento sobre política, uma pequena observação, a música foi escrita por dois filhos de Eduardo Suplicy e Marta Suplicy, eles são Supla e João Suplicy. Escutem e reflitam se possível use essa música na cabeça na hora de apertar os números na privada (quero dizer na urna eletrônica)


NÃO SOU A FAVOR DO VOTO EM BRANCO, DO VOTO NULO E NEM NO VOTO DE PROTESTO. SOU A FAVOR DO VOTO CONSCIENTE. FAÇA DE UM DIREITO GANHO DEPOIS DE MUITO ESFORÇO VALER A PENA E NÃO VIRAR PENA DE MORTE.

25 de setembro de 2014

NATÁLIA


Aqui nasce uma humilde poesia
Não sei sobre o que vou escrever
Escuto a voz que vem pela ventania
Desejos e pensamentos tenho que rever
Uma garotinha linda me apareceu
Seu nome perguntei tentando uma aproximação
Com o sorriso nos lábios Natália tu respondeu
Sem querer tivemos uma atração
Tu tens treze anos e me fez juras de amor
Carinhos prometi e farei de tudo para cumprir
Parece idiota que estarei escrevendo, pois tenho um temor
Mas para a cadeia não quero ir
Com o teu jeito tímido me deixou fascinado
Tua determinação és uma boa virtude
Farei-te feliz como tinha combinado
Mas antes de tudo pense na sua juventude
Será que isso tudo tu queres com sinceridade?
Natália tu és o meu melhor tormento
Será que essa és a tua felicidade?
Não paro de pensar em tu a todo o momento
Teu sorriso pueril e olhos brilhantes fazem parte dessa bela
Tua graciosa boca quero beijar noite e dia
Quero fazer para tu um jantar à luz de vela
Aqui jaz essa humilde poesia

Arthur Claro

Essa poesia foi criada em pura ação criativa, não é relato real, é fictício, o nome da poesia é um dos nomes femininos que eu gosto.

23 de setembro de 2014

É AMANHÃ... 24/09/2014



Há mais ou menos 20 anos atrás eu achava que não chegaria nos anos 2000, pois achava que seria um ano muito longe, é um piração de uma criança de apenas 8 anos e que assistia Os Jetsons, agora estou aqui para dizer que cheguei e passei pelo ano de 2000, estamos em 2014 e eu completando 28 anos (sim, é amanhã), vi infelizmente um ídolo morrer (ver esse post Ayrton Senna), vi meu time no Morumbi (ver esse post São Paulo), assisti a Seleção ganhar e perder algumas Copas do Mundo (ver esse post Copa do Mundo), fiz algumas amizades, também perdi algumas, fiquei com poucas mulheres, namorei só uma, deixei o cabelo crescer por causa de gostar de Rock (ver esse post Rock n' Roll), também cortei ele pra procurar emprego, fiz duas tatuagens (querendo fazer a terceira, alguém tem alguma sugestão?) criei poesias, blogs, posts, respirei, sobrevivi, passei pelos 27 anos ileso da loucura de alguns ilustres famosos que infelizmente não passaram dessa idade (quem sabe eu faça um post sobre eles), mudei algumas vezes de casa, porém não mudei a minha essência. Estou feliz por mais um aniversário que estou completando, pois aniversário só se faz uma vez e tem que se aproveitar ao máximo essa data, por isso estou dividindo com todos que eu conheço e os que não conheço. Quero agradecer a todos que diretamente ou indiretamente fazem parte da minha vida. Espero que todos sejam felizes hoje e sempre. Enquanto eu completo meu 28º aniversário, o disco Nevermind do Nirvana completa seu 20º ano de existência, o Kevin Sorbo (o Hércules da série) completa seus 56 anos, a Scheila Carvalho (a morena do É o Tchan) completa 41 anos, o André Marques (o eterno Mocotó) completa 35 anos e a Juliana Salimeni (ex-panicat) e a Nanda Costa (atriz) completam também a mesma idade que eu, 28 anos. Esses aniversariantes foram retirados do site confiável Wikipedia, mas quero parabenizar os outros aniversariantes não famosos e famosos que eu não conheço (ainda).

18 de setembro de 2014

A IRONIA DO DESTINO


A noite começou a surgir
E você vem me iludir
Dizendo palavras irônicas no meu ouvido
Dizendo-me que me ama sem amar
Sofrendo estou pela sua ignorância
A minha vida está caindo no buraco da amargura
Nem um super-herói poderá me tirar
Desse buraco horrível em estou a afundar
Que fica iluminado pela luz da lua
Você me deixou sozinha olhando pro nada nesse lugar triste e cheio de amargura
Você se oferece para ajudar, mas parece que esta fazendo por fazer
Só quer mais é me derrubar e me deixar nesse buraco sem viver
As minhas lágrimas começam a molhar meu rosto
Estou morrendo de tristeza e de tanto desgosto
Mas não quero morrer sofrendo essa dor
Quero me reerguer mesmo que tenha que matar esse grande amor
Mas não serei culpada, pois matei por legitima defesa
Você só quis me ferir e me deixar sozinha com a tristeza
Agora é a sua vez de ficar nessa profundeza
Quero ver você sofrendo com o cão dos infernos cheirando seu pescoço
Deixou-me sem ninguém e agora é você que vai provar dessa tristeza
Agora você sentirá tudo que senti e deverá ser pior para você
Pois você me feriu e o remorso vai te fazer sofrer
Até o último segundo da sua vida
Eu não estou te desejando nenhum mal
Mas só quero te esquecer, pois você me tratou como um animal
E me deixou sem saber o que é ser amada
Meu corpo me pede uma coisa e o meu cérebro cessa essa vontade
Já não me deixo levar pelo coração, pois ele ainda te ama mesmo eu dizendo não
Eu vou lutar com todas as forças para esse amor acabar
Não vai adiantar você se ajoelhar que eu não irei voltar a te beijar
Se você quer me beijar, beije o chão que irei cuspir

Arthur Claro

Essa poesia foi criada para mostrar um pouco de uma inversão de lados, praticamente uma ironia do destino aonde acontece coisas que não esperamos que aconteça.

16 de setembro de 2014

SEMPRE OLHE PELO LADO BRILHANTE DA VIDA

Parece estranho esse título né? Então essa é uma dica que quero deixar para todos, pois todos nós já passamos por momentos ruins na vida, não importa quando e quantas vezes, porém isso se tornou natural. Essa dica é inspirada no final do filme "A vida de Bryan" do grupo inglês Monty Python, que inspirou muitos comediantes no mundo inteiro, até alguns brasileiros que eu já vi admitirem isso, esse filme foi uma indicação do meu pai, eu já tinha visto algumas esquetes deles, eu assisti esse filme faz um bom tempo atrás, quis aqui sugerir para vocês verem o filme, pois vale a pena, o humor pode ser que não agrade a gregos, troianos e outros povos, mas tentem sempre olhar pelo lado brilhante da vida. Se alguém não gostar do tipo de humor do filme cite para mim algo que faz você rir sem parar e ficar lembrando disso sempre, quero conhecer outros tipos de humor além do que eu aprecio, faço isso com os estilos musicais, acho que deu pra ver em outros posts (sugiro que vejam os posts anteriores) e assim quem sabe sorriamos e assobiamos juntos a bela canção que deixo logo abaixo.


Obrigado pela oportunidade de sugerir um filme e dar um conselho.

11 de setembro de 2014

NUA SOLITÁRIA RUA


Numa noite taciturna se escuta um grito
Um grito de uma jovem garota inocente
Após alguns minutos aparece um rosto aflito

Sangue escorrendo na face da jovem inconsciente
Olhos cerrados por causa da grande dor
Lábios com feridas abertas do soco brutal
Ironia é saber que isso foi amor
Tentava ficar em pé demonstrando o mal
As pernas tremiam deixando a menina desequilibrada
Roupas rasgadas e com o sexo deflorado
Indícios explícitos que ela fora cruelmente estuprada
As palavras não saiam do lábio machucado

Rosto marcado pelo abuso sexual que sofreu
Uns afagos no sexo ela até cedeu
As marcas ficaram e o sujeito desapareceu

Arthur Claro

Essa poesia foi criada na brincadeira de usar a rima "nua" com "rua", mas retrata um abuso sexual, um crime que não apoio. Estupro é crime, denuncie.

9 de setembro de 2014

RAP - UM ESTILO DE MÚSICA E DE VIDA

Parece estranho, mas sim estou fazendo um post sobre Rap, é um estilo que não é um dos que gosto muito, mas eu escuto algumas músicas, pois consigo encontrar coisas boas (na minha opinião) nesse gênero, entre eles tem o Gabriel O Pensador, Inquérito (não sou muito conhecedor desse grupo) e Eminem. Mas consigo ver que tem algumas letras que me fazem gostar, por ter letras que retratam uma verdade que poucos enxergam e que aceitam a verdade. A verdade dói mais que uma mentira bem contada. Eu tem um gosto musical que me faz refletir e questionar sobre o Brasil e o Mundo, isso o Rap, a MPB, o Rock e entre outros, sinto dó de algumas pessoas que escutam alguns estilos musicais que fazem elas dançarem, desvalorizarem outras pessoas, esbanjar grana e entre outros temas que futilizam as mentes (na minha opinião), mas o gosto musical pode criar a personalidade da pessoa, então cada um sabe muito bem o que é bom para a sua sobrevivência. Vou deixar aqui uma música para vocês analisarem um pouco.


Agora vejam esses outros post:

4 de setembro de 2014

LEISE A ESTRELA


Numa noite de puro ócio te encontrei
Conversamos e se identificamos em vários assuntos
Até que parecia que se conhecíamos de longa data
De repente decidimos fazer uma poesia por diversão
Fizemos a primeira e nunca vou querer parar de fazer
Os nossos pensamentos estão afinados mesmo distantes
Será que somos predestinados ou extraterrenos?
Essa dúvida vamos levar até os nossos túmulos
Meu coração está esperando você se instalar
Pode procurar o seu canto e ficar pra sempre
Esse meu coração é grande para conseguir confortar a todos
Agora estou aqui te escrevendo essa poesia
Por mim ela é medíocre, mas o que vale é intenção

Arthur Claro

Essa poesia foi criada a pedido de uma garota que eu conversava há muito tempo atrás, hoje em dia não tenho mais contato com ela.

2 de setembro de 2014

NÚMEROS


Dia 1º de outubro, tempo chuvoso, mais um dia triste, pois 20 pessoas velam o corpo de uma criança de 6 anos de idade, 6 mil de Reais são entregues aos policiais para a garantia de segurança do chefão do tráfico da favela, 8 tiros atravessam a cabeça de um mendigo que dormia em um banco da praça 13 de maio, dois garotos são flagrados fazendo um 69, 13 milhões é o valor que o Sr. Nivaldo iria ganhar sozinho se não tivesse perdido o bilhete com as 6 dezenas premiadas, a chuva devastou 20 casas, em uma partida de pôquer o milionário ficou sem grana, sem mulher, sem carro, sem mansão, sem roupas e porém ficou com o ânus dilatado por um pênis de 25 cm de um mafioso afro-descendente que ganhou a rodada, na boate Rota 66 tem apresentação de 10 meretrizes no palco principal e esse conto acaba com um pedido de desculpas para todos os que lerem, pois não quis ofender ninguém, se esse conto é real? Não sei, mas pode ter uma pitada de ficção nessa realidade.