26 de junho de 2014

ÓDIO POR VOCÊ


Tento te odiar, mas não consigo
As minhas juras de amor eram sinceras
Meu sofrimento é tão grande dentro de mim
Almas Gêmeas nós não éramos
Restos de pedaços pequenos estão meu coração
Amizade que não vamos ter

Mentira é dizer que eu nunca te amei
Entre mil garotas consegui me apaixonar por ti

Absurdo é acreditar que você não me ama
Brigas não são motivos para isso
Agora solitário estou no meu quarto
Não sei o que fazer depois dessa separação
Doido você acha que estou por dizer essas palavras
Ódio e rancor não fazem parte de mim
Nunca me apaixonei por uma menina desse jeito
Olhos tristes molhados de lágrimas verdadeiras
Última lembrança “NÃO SEI TER ÓDIO DE VOCÊ”

Arthur Claro

Essa poesia foi criada novamente à partir de um termino de relacionamento que tive, pra mim era só ficar (termo que se usava na época para namoricos sem compromissos, mas eu queria namorar com ela) e para a menina era namoro sério (só depois de muito tempo que descobri que ela achava isso, ela mesmo me confidenciou e eu perdi) Uma dica aos leitores, o nome da menina está na poesia, os mais espertos encontraram, se encontrar me procurem em particular e pergunte se é o nome. Sim novamente "escondi" o nome da menina, não para esconder a integridade da menina, só quis brinca com a escrita. Se caso a menina da poesia ver, quero pedir desculpas por ter feito a poesia, se quiser tiro ela do ar assim que você entrar em contato comigo, não quero processos.

24 de junho de 2014

COPA DO MUNDO

Venho aqui falar sobre Copa do Mundo, sim um assunto que existe divergências de opiniões (principalmente essa que está ocorrendo no nosso país), mas não vou falar da atual Copa e sim de algumas lembranças que tenho desse evento que ocorre a cada 4 anos, algumas lembranças boas, outras tristes e outras sem nenhum sentimento. Para começar vou falar da Copa do Mundo de 1994 ocorrida no Estados Unidos da América, eu estava na casa do meu avô materno (saudoso Vô Carlão) a casa tava cheia assistindo a grande final que era da Seleção Brasileira contra a Seleção Italiana, essa final estava emocionante, pois acabou empatado e foi para as cobranças de pênaltis, mas o que me faz lembrar dessa Copa é o momento que o jogador Branco da Seleção Brasileira foi cobrar o pênalti, na hora que ele chegou perto da bola o meu avô falou "Esse cara é ruim" e desligou a TV, todos os presentes na sala ficamos desesperados para saber se o jogador tinha acertado a cobrança, para a sorte tinha uma TV na cozinha da casa dele, corremos todos para lá e vimos no replay que o Branco tinha convertido, mas tivemos que esperar até o jogador italiano Roberto Baggio errar a sua cobrança para poder comemorar o TETRA¹Agora vou falar sobre a Copa do Mundo de 1998 ocorrida na França, novamente estava todos reunidos na casa do Vô Carlão, final contra a Seleção Francesa, rumores que o jogador Ronaldo da Seleção Brasileira não ia jogar e finalmente ele jogou, sim ele não mostrou todo o futebol que ele jogava na época e a Seleção Francesa massacrou a Seleção Brasileira por 3 a 0 no tempo normal, lembro que eu chorei muito como que se não houvesse mais chance de existir Copa do Mundo nunca mais, pois eu estava confiante que a Seleção iria ver a Seleção Brasileira ser PENTA logo em seguida do TETRA, mas infelizmente não aconteceu isso. Agora a Copa do Mundo de 2002 ocorrida na Coréia do Sul e no Japão, outra vez todos reunidos na casa do Vô Carlão, a Seleção estava confiante que iria ganhar o PENTA, pois estavam com o técnico Luis Felipe Scolari que criou um clima de família na Seleção, na final contra a Seleção Alemã o jogador Ronaldo jogou tudo que não tinha jogado há 4 anos atrás, marcando 2 gols furando a barreira humana que era o goleiro da Seleção Alemã, assim a Seleção Brasileira ganhou por 2 a 0, comemoramos muito. Agora falarei da Copa do Mundo de 2006 ocorrida na Alemanha, eu não estava na casa do Vô Carlão, mas não consigo me lembrar ao certo aonde estava quando a Seleção Brasileira novamente perdeu para a Seleção Francesa, mas não na final e sim nas quartas de final, pelo placar magro de 1 a 0. Agora falarei da última Copa do Mundo assistida por essa pessoa que vos fala, falarei da Copa do Mundo de 2010 ocorrida na África do Sul, eu não estava na casa do Vô Carlão e sim na casa do tio do meu cunhado (saudoso Tio Maurício), novamente a Seleção Brasileira saiu nas quartas de final, mas dessa vez perdeu para a Seleção Holandesa que ganhou pelo placar de 2 a 1. Para encerrar quero deixar a minha visão sobre essa Copa do Mundo que esta ocorrendo aqui no Brasil, eu fiquei super feliz por o nosso Brasil ter ganhado a segunda oportunidade de sediar esse evento, pois eu nem era projeto de vida quando ocorreu a primeira oportunidade e a Seleção Brasileira perdeu para a Seleção Uruguaia, agora espero ver a Seleção Brasileira ganhar o HEXA na casa do Vô Carlão. Também quero dizer que eu nunca fui contra a Copa do Mundo aqui no nosso país, mas sou contra a Corrupção que infelizmente existe aqui. Vale lembrar que eu não me lembro da Copa do Mundo de 1990 ocorrida na Itália. Sim já era nascido, pois nasci no ano da Copa do Mundo de 1986 ocorrida no México.

TETRA¹: Segue a seguir as cobranças de pênaltis da Copa do Mundo de 1994. Quem assistir tente imaginar a emoção de alguém desligar a TV na hora da cobrança do Branco.


VAMOS BRASIL, RUMO AO HEXA

                                                                               
                                                                               

19 de junho de 2014

O TEMPO



Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac
Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac 

O sol esquenta a minha cabeça oca
Esses dias nenhuma nuvem escura apareceu
Quantas vezes peço para beijar sua boca
Pedidos negados muito me entristeceu

Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac 
Tic Tac Tic Tac Tic Tac Tic Tac 

O frio me obriga a dormir cedo
Esse fogo não consegue me aquecer
Sem você vivo cheio de medo
O amor e o tempo não podem fenecer


Arthur Claro


Essa poesia foi criada a pedido de uma amiga (sim amiga e não namorada) que queria que eu improvisasse uma poesia e ai como a primeira coisa que veio na cabeça foi o som do relógio.

17 de junho de 2014

I HAVE A DREAM - MARTIN LUTHER KING JR. (1963)

No dia 28 de agosto de 1963, uma marcha organizada na cidade de Washington teve o discurso memorável do Martin Luther King Jr. que foi um pastor protestante norte-americano, nesse discurso ele declara um sonho de um mundo sem racismo, pois ele lutava pelo os direitos dos negros que até então não tinham direito nenhum. Esse discurso é muito bom, porque trás uma reflexão para os dias atuais, dá para lembrar do caso de racismo no futebol (quando chamaram o jogador Tinga de macaco, o caso do jogador Daniel Alves que jogaram banana) entre outros casos que existe em vários setores do mundo, não podemos fechar os olhos para um preconceito seja ele de raça, credo, cor, gênero, orientação sexual. Como eu mesmo me defino e coloquei como nome do meu blog, todos nós somos iguais porém diferentes (um dia explico melhor a inspiração do nome do blog). Agora vou deixar o vídeo que contém as imagens do discurso e sim achei ele legendado (pois eu acho que ficaria melhor para poder entender o discurso e ficar mais próximo a nós as palavras dele). Espero que vocês gostem e reflitam.

12 de junho de 2014

LÁGRIMAS DA SUA TRISTEZA



Quando te vejo chorar nesse canto escuro
Fico pensando em te consolar
A sua mágoa é tão grande que me pára como um muro
Dói o peito de ver você chorar
Chorando você deixa seu coração mais puro
Fale o que eu posso fazer para te alegrar
Seu sofrimento é muito forte
Desesperador igual da inevitável morte

Derrame sem preocupação as lágrimas da sua tristeza
Confie em mim que sempre serei seu verdadeiro AMIGO
Vou estar no seu coração e quando você procurar vai ter certeza
Quero VOCÊ em especial fique junto comigo
Farei você a minha grande e eterna Alteza
Eu por você passarei o resto da minha vida como um mendigo
Para transformar essa tristeza em felicidade
Afirmo com muito orgulho que tudo escrito é pura sinceridade

As lágrimas da sua tristeza não precisam se esconder agora
Compreensão é a chave de um grande afeto
Tudo isso no vento não vai embora
A distância é grande parece até que moramos no mesmo teto
Sorriso de orelha-a-orelha eu quero ver a toda hora
Meu crucifixo é o nosso e poderoso amuleto
O sol ilumina os nossos passos nesse caminho estreito
A sua eterna moradia será meu coração dentro do meu peito

Arthur Claro

Essa poesia foi criada num momento que eu estava criativo fazendo poesias sem parar e me sentindo sozinho, sem amigos e sem ninguém para desabafar, então fiz essa poesia para mim mesmo me convidando para ser o meu amigo, a minha companhia.

10 de junho de 2014

METAMORFOSE AMBULANTE - RAUL SEIXAS

Aqui está uma música que eu "tomei" como eu sou e como eu me vejo, posso estar errado, mas é assim que eu me vejo mudando constantemente o físico sem mudar a essência. Vejam nesse link "QUEM SOU EU?" e se quiserem realmente quem eu sou é só entrar em contato. Agora escutem a música do mestre Raulzito.


5 de junho de 2014

AMOR EM ROMA


Amantes passeiam nas ruas
Mulheres e homens se amam
Os gritos de mulheres nuas
Rapazes apaixonados não escutam

Escuras estão às luzes para se bailar
Molhadas estão às pernas pelo mar

Risos tímidos surgem da sua boca
Os versos da poesia te contentam
Milhares de palavras saem da minha cabeça oca
Amor em Roma ninguém lamenta

Arthur Claro

Essa poesia foi criada para ser uma pequena distração usando o clichê da leitura da palavra Roma de trás pra frente resultando na palavra Amor e vice-versa.

3 de junho de 2014

STRANI AMORI - RENATO RUSSO

Esta é uma das músicas do disco Equilibrio Distante (o disco solo do Renato Russo interpretando músicas italianas e uma versão de Como uma onda de Lulu Santos em italiano) que eu gosto de ouvir sem parar e sem cansar, esse disco como o próprio Renato Russo disse numa entrevista que ele escolheu o repertório por ser similar musicalmente as que a Legião Urbana produziu até aquele momento, concordo por ser um bom apreciador das músicas da Legião Urbana, esse disco me dá vontade de aprender a falar italiano e até produzir uma poesia em italiano. Voltando a música essa música tem um sentimento tão profundo por parecer escrita pelo Renato Russo, o clipe dessa música faz você se sentir dentro do clipe como o personagem principal. Deixo aqui o clipe dessa música para vocês verem e escutarem a bela música.


Espero que vocês gostem da música como eu gosto, essa é mais uma influência musical que faz parte da minha vida, em breve falarei mais de outros estilos musicais que eu escuto e com certeza irei falar mais e mais sobre a Legião Urbana.

Urbana Legio Omnia Vincit e Força Sempre para todos