29 de abril de 2014

HOTEL CALIFORNIA - EAGLES

Um hotel que na verdade é um hospício, sim é estranho porém essa é uma versão da história por trás da música "Hotel California" da banda Eagles (cara de espanto) sim também tive essa reação quando fiquei sabendo disso, mas aí está um motivo que me fez gostar mais da música, eu primeiro gostava pelo instrumental que é muito bom, depois de saber desse fato de ser sobre um hospício e não um hotel me fez gostar mais ainda (acho que sou um louco que fugiu de um hospício e nunca mais voltou). Eu tenho vontade de fazer faculdade de Psicologia (Ainda não fiz faculdade de nenhum curso) para tentar me entender e entender mais um pouco os seres humanos que por mais complexos que sejam, sempre serão simples (confuso isso que falei, mas é assim que vejo os seres humanos, parecem complicado, mas sempre tem uma brecha que o transforma em simples).
Agora vou deixar para vocês a música com a legenda, aí vocês poderão perceber que faz sentido.


OBSERVAÇÃO: Posso estar errado de ser a verdadeira história da música, mas pra mim faz sentido.

24 de abril de 2014

O MAL INEVITÁVEL



A vida se acaba para a vinda da morte
Você tenta fugir, mas é uma tentativa frustrada
Não adianta brigar, pois ela é mais forte
Existe em qualquer lugar uma cilada
Pode acontecer com um pequeno e simples corte
Em qualquer lugar e até numa balada
Para esse mal inevitável não existe sorte
Pode ser suicídio ou homicídio com facada
Com pessoas do hemisfério sul ou do hemisfério norte
No frio da eterna hora da madrugada
A morte é forte como um simples corte num sujeito sem sorte no frio do pólo norte
Uma mulher frustrada caiu numa cilada depois da balada onde morreu com uma facada fatal na fria e eterna madrugada
Assim podemos concluir que está escrito no começo da poesia
Jovens e Idosos já são conscientes desse mal inevitável

Arthur Claro

Essa poesia é sobre a morte, um assunto que é inevitável, essa poesia é um exemplo da minha inspiração nas poesias ultra-românticas de Álvares de Azevedo que eu aprendi a gostar das poesias dele, não quero fazer apologia a morte, só quero apresentar minhas poesias como forma livre de expressão.

22 de abril de 2014

REFLEXÃO


Vivemos a vida que foi previamente escolhida lá no céu, foram anjos, santos, arcanjos e o grandioso Deus que fez essa escolha. Quando você pensa que seu dia foi difícil é porque está sendo testado, mesmo que seu dia foi uma maravilha foi mais um teste celestial. Quando um grande amigo te conforta é porque um dos anjos lá do céu desceu para te observar mais de perto, fazendo que você sempre se sinta confortado quando precisar, a pessoa amada também é outro anjo lá do céu que desceu pra testar você para ver se seus sentimentos profundos são expressos com facilidade, agora o seu inimigo é Deus testando você para ver se aprendeu a amar acima de tudo o seu inimigo. Você nunca estará sozinho nesse grande mundo que às vezes parece injusto, com balas perdidas, guerras, terrorismo, acidentes automotivos, desastres ecológicos, mortes prematuras e até suicídios é tudo um teste divino que faz você querer agir contra todos esses males que assim você poderá ser um grande exemplo pra essa humanidade que não consegue pensar mais no próximo, colocando cada vez mais os pensamentos em ganância e individualismo, mude se possível de atitude sobre que você acha está de errado na sua vida, você mudando será o diferencial nesse grande mundo.

17 de abril de 2014

0% DE AMOR


Você acha que é esperta para me enganar
Sei que você tenta só de olhar nos olhos
Por mim nunca teve interesse
Pois eu não tenho o que você quer
Só tenho o que alguns homens não têm
Você me ignora por eu não ter “carráter”
E nem “per$onalidade”
Mas ainda assim te entendo
Sou mais feliz com o que tenho para oferecer
Tenho a plena certeza que tenho é 100% melhor
Que esse pensamento 0% de “amor” que você expressa
Sei que você prefere o “carráter” e a “per$onalidade”
Você engana dizendo que ama o dono dessas posses
O que eu tenho é simplesmente A-M-I-Z-A-D-E

Arthur Claro

Essa poesia eu retratei algumas mulheres que só gostam de homens com poderes aquisitivos superiores e de carros bons, tem um pouco de inspiração numa menina que eu conheci que só dava atenção (outras coisas eu não sei) para homens riquinhos. Acentuei as palavras Caráter e Personalidade com o duplo "R" e o "$" respectivamente para dizer as cobiças dessas mulheres, não são todas as mulheres que procuram isso dos homens, mas desculpe se ofendi alguém.

15 de abril de 2014

TIM MAIA


Depois de começar a ouvir música sertaneja de raiz (moda de viola), comecei a ouvir também MPB (Música Popular Brasileira), tem vários cantores desse gênero que gosto, mas hoje vou falar especificamente do Tim Maia, ele ia domingo sim e domingo também no Domingão do Faustão, quando morava em Ribeirão Preto-SP, ainda era menor de idade, foi assim que conheci as músicas e os pedidos para arrumarem o retorno (que virou marca registrada dele), eu e minha família íamos em um clube de campo aonde éramos sócios e lá passávamos o domingo se divertindo na piscina, fazendo picnic com frangão, farofa e arroz à grega, também tinha uma cachoeira que era numa gruta (não lembro direito se era gruta), o clube era o Vale do Sol, fiz uma pesquisa rápida no Google e não consegui achar algo referente ao clube, pois não me lembro de muita coisa para achar exatamente o clube, mas lá no clube além de tudo que já disse anteriormente rolava uns pagodes (Marrom Bombom, Tira a calça jeans e bota o fio dental entre outros), passávamos o domingo inteiro lá e voltava pra casa na hora do Faustão, não era de propósito, mas tava lá Tim Maia cantando seus sucessos. Quero deixar aqui uma música para vocês ouvirem, respeitarem o meu gosto como eu respeito o gosto de vocês, se vocês gostarem fico feliz e se não gostarem saibam respeitar.


Veja o post sobre SERTANEJO DE RAIZ OU MODA DE VIOLA. Obrigado pela visita.

10 de abril de 2014

HADES SE DECLARA A PERSÉFONE


Oh minha deusa Perséfone onde estás?
Não te encontro se banhando na cachoeira
Não a vejo beber água cristalina na fonte
Será que você está regando a sua bela roseira?

Por que se esconder assim de mim?
Nunca vou desistir de te procurar
Só quero te entregar um colar de marfim
Para te mostrar que eu sempre vou te amar

As Ninfas já tentaram me enfeitiçar por elas
Como te amo, não me entrego fácil
Para você entrego as rosas mais belas
Assim te alegro e o seu coração frágil

Afrodite só quer me provoca
Jurei que só te amarei minha deusa
Quero sentir o mel que só tem em sua boca
Escrevo pensando em você minha linda musa

As Moiras me falaram que meu futuro é ficar ao seu lado
Então peço para Caronte nos levar para o Mar Egeu
Como prova de meu amor por você, eu digo que sou seu eterno amado
A todo tempo fico lembrando como você me apareceu

Se Hécates nos agracia com a sua escuridão
Não quero te fazer nenhuma das minhas maldades
Amando-te não sinto meus pés no chão
Essa poesia foi escrita pelo seu amado Hades

Arthur Claro

Essa poesia eu quis mostrar que o Deus do Mundo Inferior também ama e tem sentimentos pela sua bela sobrinha Perséfone, é inspirada na lenda dos dois, porém as passagens da poesia são de criação minha. Para quem não sabe, vale lembrar que as Moiras são três irmãs que teciam o fio da vida da pessoa e decidiam os caminhos e determinavam a hora que era para acabar a vida da pessoa.

8 de abril de 2014

CAGADA CULTURAL


É aquele momento que você repousa a bunda na privada, relaxa e pega alguma coisa para ler, que nunca fez esse ritual? O que você lê com frequência nesse momento tão solitário?
  • Jornal (Qual conteúdo do jornal)?
  • Revista (Qual)?
  • Livro (Gênero)?
  • Celular, tablet ou notebook (vide a foto)?
Eu assumo que leio a Revista Kappa (uma que só tem aqui na minha cidade e em Araraquara), também leio livros (diversos gêneros), jornal promocional de lojas, também gosto de fazer palavras cruzadas, ainda não levei celular pra usar enquanto faço a Cagada Cultural. Espero que vocês respondam nos comentários, se tiverem vergonha é só dizer "que tem um(a) amigo(a) que faz tal coisa", podem até se quiserem comentar como Anônimo está liberado, só não tenham vergonha de falar de assumir de fazer algo que todo mundo faz, me desculpem se quis envergonhar alguém com essa pequena brincadeira de promover um momento íntimo.

3 de abril de 2014

FLORES


Flores que planto com AMOR
Flores que rego com CARINHO
Flores que observo com PAIXÃO
Flores que vejo nascer aos POUCOS
Flores que pego para VOCÊ
Flores que te fazem FELIZ
Flores que alegram a sua VIDA
Flores belas que entrego para minha AMADA
Flores podem ser: AMARELAS, ROXAS, AZUIS E VERMELHAS
Flores que são chamadas de: ROSAS, MARGARIDAS, VIOLETAS E BROMÉLIAS
Flores de uma pessoa apaixonada para uma pessoa MARAVILHOSA
Flores têm seis letras iguais à palavra PAIXÃO que sinto por você
Flores exalam seus perfumes para acalmar o ambiente

Arthur Claro

Essa poesia foi escrita para mostrar que eu gosto das flores citadas na poesia, ela foi inspirada na música Flores da banda Titãs que também gosto, essa poesia não é para nenhuma garota em especial, mas pode ser para qualquer garota que adora flores.

1 de abril de 2014

SERTANEJO DE RAIZ OU MODA DE VIOLA


Quando eu era mais novo, aprendi a dançar catira com o meu avô paterno e com isso ouvia músicas sertanejas de raiz (moda de viola), Tião Carreiro e Pardinho, Tonico e Tinoco entre outras duplas que faziam sucesso na época e hoje em dia traz uma saudades em muito gente, são músicas que possuem linguagem simples, trazem o ar do campo e também contam causos verídicos ou fictícios, foi assim que aprendi a gostar desse ritmo musical por ter essa estética, os acordes da viola me fazem querer aprender a tocar. Com o tempo fui conhecendo outros gêneros musicais (ainda vou contar sobre esses outros gêneros), mas não abandonei o gosto desse tipo de música, aprendi com o tempo a gostar de todos sem abandonar nenhum e ver o que é bom para mim escutar sem obrigar a ninguém a gostar do que estou ouvindo. Quero deixar aqui uma música para vocês ouvirem, respeitarem o meu gosto como eu respeito o gosto de vocês, se vocês gostarem fico feliz e se não gostarem saibam respeitar.


Almir Sater é um dos violeiros que eu gosto de ouvir tocar a viola, já fui acho que em dois shows dele aqui na minha cidade.

OBS: Não lembro mais como se dança catira.