20 de novembro de 2014

SENTIMENTOS E SOFRIMENTOS


Te vejo com esse sorriso indisfarçável, imagino que você está com pensamentos longínquos daqui...
...Se não me diz nenhuma palavra, descubro só de ver nos seus olhos...
...O seu olhar não esconde a sua vontade de querer que o seu coração sente...
...Sentimentos secretos aflorados na sua bela face como as flores na primavera...
...De qualquer ano sendo do futuro ou do passado, me conte a causa de seu sentimento...
...Não guarde esse sentimento, pois ele pode se transformar em um sofrimento...
...Sofrendo por um sentimento é a mesma coisa que ser esquecido no mundo
Arthur Claro

Essa poesia foi criada meio que sem querer querendo, pois queria fazer uma poesia aonde você (leitor) leria a poesia normal e depois leria debaixo para cima iria ver que a poesia daria o mesmo sentido, essa foi a primeira "cagada" que deu certo, façam essa experiência de ler normal e depois ler debaixo pra cima, nos comentários me digam o que vocês acharam dessa experiência.

4 comentários:

  1. Arthur,
    nem sempre podemos sempre claros e reais, muitas vezes precisamos nos esconder atrás das máscaras da vida mesmo!
    Somos uma soma de muitos!!!!!!
    Bjus e bom feriado!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo a poesia.
    Poxa está arrebentando

    http://rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que bonito. Amei a segunda frase, é a que mais tem a ver comigo.

    http://agindodiferente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sr. Chapolin Colorado, mesmo tendo sido sem querer querendo, não foi uma cagada como você disse...
    Ficou realmente muito boa a poesia!
    Abçs

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir