27 de novembro de 2014

SCARLET E RAUL



Eu te ensinei a admirar a minha loucura
Teu sorriso encantador é uma doçura
Beijos doces são iluminados pelo esplendido luar
Sonhos dessa noite mágica e encantadora
Grande sentimento sincero do coração se aflora
Prometo com sinceridade que para sempre vou te amar

Os dias passaram e eu descobri que estou apaixonado
Não consigo imaginar não tendo você ao meu lado
Quero te entregar a mais bela flor minha querida amante
Uma noite te encontrei solitária e esquecida
Pois um impiedoso punhal tirou a sua vida
Na memória fica o seu sorriso brilhante

Oh paisagem sombria repleta de leito gélido
Seu belo semblante esta agora pálido
Várias flores no jardim da morte
Diversas lágrimas escorrem meu rosto triste
A dor no meu coração ainda vai persiste
Sem a sua companhia não consigo ser mais forte

Oh doce Scarlet para sempre nosso amor vai existir
Não quero me envolver com outra porque não quero te trair
Adoro ver seus olhos castanhos flertando o céu azul
Minha Rainha você sempre estará no meu coração
EU TE AMO essa é a minha eterna declaração
Scarlet minha eterna rainha esta poesia foi feita pelo seu amor Raul

Arthur Claro

Essa poesia foi criada inspirada num romance virtual porém intenso e verdadeiro da parte do autor, não a Scarlet não morreu de verdade, só usei a morte na poesia para demonstrar a influência do ultra-romantismo que me influenciou em algumas poesias. Esse amor acabou e agora ele é somente uma eterna poesia e um vaga lembrança.

5 comentários:

  1. Ual... Mais um vez fui surpreendida.
    Sinceramente, não consigo achar palavras para explicar o mix de emoções sentidas do inicio ao fim desta poesia.. Um romance lindo, que de longe deu pra sentir a intensidade.
    Deixo expressa minha admiração por suas poesias! bjs :* Dear Raul

    ResponderExcluir
  2. Cara, simplesmente amo suas poesias, tu sabe usar as rimas muito bem.

    {Blog Pensamentos Irreais}  {Twitter}   {Fan Page}


    ResponderExcluir
  3. Essa foi bem romantico ,muito boa parabéns. Gustavo Augusto http://gustavoinfol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Puxa, e eu esperando um final feliz... Mas adoro os poetas ultra-românticos!

    ResponderExcluir
  5. Nossa um amor virtual, mas intenso e não tão fácil de esquecer...e acredito que a dor que fica no coração de quem realmente amava se assemelhe mesmo a morte da pessoa que não morreu, mas se foi levando um pedacinho do teu coração, e te deixando "incompleto" por muito tempo...
    Abçs

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir