18 de setembro de 2014

A IRONIA DO DESTINO


A noite começou a surgir
E você vem me iludir
Dizendo palavras irônicas no meu ouvido
Dizendo-me que me ama sem amar
Sofrendo estou pela sua ignorância
A minha vida está caindo no buraco da amargura
Nem um super-herói poderá me tirar
Desse buraco horrível em estou a afundar
Que fica iluminado pela luz da lua
Você me deixou sozinha olhando pro nada nesse lugar triste e cheio de amargura
Você se oferece para ajudar, mas parece que esta fazendo por fazer
Só quer mais é me derrubar e me deixar nesse buraco sem viver
As minhas lágrimas começam a molhar meu rosto
Estou morrendo de tristeza e de tanto desgosto
Mas não quero morrer sofrendo essa dor
Quero me reerguer mesmo que tenha que matar esse grande amor
Mas não serei culpada, pois matei por legitima defesa
Você só quis me ferir e me deixar sozinha com a tristeza
Agora é a sua vez de ficar nessa profundeza
Quero ver você sofrendo com o cão dos infernos cheirando seu pescoço
Deixou-me sem ninguém e agora é você que vai provar dessa tristeza
Agora você sentirá tudo que senti e deverá ser pior para você
Pois você me feriu e o remorso vai te fazer sofrer
Até o último segundo da sua vida
Eu não estou te desejando nenhum mal
Mas só quero te esquecer, pois você me tratou como um animal
E me deixou sem saber o que é ser amada
Meu corpo me pede uma coisa e o meu cérebro cessa essa vontade
Já não me deixo levar pelo coração, pois ele ainda te ama mesmo eu dizendo não
Eu vou lutar com todas as forças para esse amor acabar
Não vai adiantar você se ajoelhar que eu não irei voltar a te beijar
Se você quer me beijar, beije o chão que irei cuspir

Arthur Claro

Essa poesia foi criada para mostrar um pouco de uma inversão de lados, praticamente uma ironia do destino aonde acontece coisas que não esperamos que aconteça.

12 comentários:

  1. Bem forte esse último verso, hein! Gostei.

    ResponderExcluir
  2. wow! Que máximo essa poesia... dita muito bem pessoas de hoje em dia e suas atitudes! Desfecho muito bem escrito ☺

    ResponderExcluir
  3. Suas poesias são ótimas, Parabéns!
    Visite meu blog, e deixe seu comentário lá também: http://viciodelerlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que poesia maravilhosa! Vou me identifiquei. As vezes a criatividade dá uma sumida, mas logo volta (a minha foi dar um passeio e nunca mais voltou) hahaha
    Tenha um bom dia :)

    http://classicunicorns.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Arthur, obrigada pela visita no Brasil do Bem. Vim conhecer seu blog e parabéns pelos poemas. Um grande abraço!
    www.brasildobem.net

    ResponderExcluir
  6. Olá, Arthur. O mundo dá muitas voltas! Isso sei que é bem certo afirmar! heheh
    Adorei o seu poema, bem realista e é a decisão que devemos tomar mesmo para com aquele que não tá nem aí para o amor que desejamos compartilhar....Ótimo!
    Um beijo e obrigada pela sua visita no meu blog!
    www.escritoraadriana.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a poesia! a escolha das palavras deixo bem verdadeira e intensa. Dá pra sentir a dor daqui.

    http://sushibaiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ola Arthur!
    Vim retribuir sua visitinha ao meu blog.
    Nossa que poema interessante. Dificil encontrar pessoas assim inspiradas.
    Muito sucesso pra vc! Deus abençoe!

    http://marlindacanonico.blogspot.it/

    ResponderExcluir
  9. Realmente isso pode parecer ironia, mas é o mais comum de acontecer, não se sabe o porque, mas algumas pessoas tem o dom de destruir ao invés de construir pontes ...

    Mas quem pode julgar o que não sabe ou não entende?

    Abraços
    My

    ResponderExcluir
  10. Muito bom! Adorei o texto!

    Abraços,

    Marcelo Caldas

    http://marcelocaldas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Muito bom, parabéns..
    maluquicesquetenho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. A poesia fala com muito sentimento, nos faz sentir raiva por alguém assim, alguém que do nada nos machuca tanto...
    Mas é essencialmente ótima! Parabéns Arthur!!!

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir