12 de junho de 2014

LÁGRIMAS DA SUA TRISTEZA



Quando te vejo chorar nesse canto escuro
Fico pensando em te consolar
A sua mágoa é tão grande que me pára como um muro
Dói o peito de ver você chorar
Chorando você deixa seu coração mais puro
Fale o que eu posso fazer para te alegrar
Seu sofrimento é muito forte
Desesperador igual da inevitável morte

Derrame sem preocupação as lágrimas da sua tristeza
Confie em mim que sempre serei seu verdadeiro AMIGO
Vou estar no seu coração e quando você procurar vai ter certeza
Quero VOCÊ em especial fique junto comigo
Farei você a minha grande e eterna Alteza
Eu por você passarei o resto da minha vida como um mendigo
Para transformar essa tristeza em felicidade
Afirmo com muito orgulho que tudo escrito é pura sinceridade

As lágrimas da sua tristeza não precisam se esconder agora
Compreensão é a chave de um grande afeto
Tudo isso no vento não vai embora
A distância é grande parece até que moramos no mesmo teto
Sorriso de orelha-a-orelha eu quero ver a toda hora
Meu crucifixo é o nosso e poderoso amuleto
O sol ilumina os nossos passos nesse caminho estreito
A sua eterna moradia será meu coração dentro do meu peito

Arthur Claro

Essa poesia foi criada num momento que eu estava criativo fazendo poesias sem parar e me sentindo sozinho, sem amigos e sem ninguém para desabafar, então fiz essa poesia para mim mesmo me convidando para ser o meu amigo, a minha companhia.

5 comentários:

  1. Arthur, no fundo somos amigos de nós mesmos!
    Sim, com certeza é bom acreditar que quando estamos sozinhos, percebemos a nossa grande amizade e fieldade entre nós!
    A solidão é clara, existe na própria multidão, não há dúvidas quanto a isso!
    Bom trabalho de reflexão!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. A imagem complementa mto bem o texto. O primeiro amor tem q ser o amor próprio, o resto é consequência.

    ResponderExcluir
  3. Nossa amigo, que lindo! me emocionei viu principalmente quando vc diz que fez essa poesia se convidado para ser seu proprio amigo muito forte! bjs sempre.
    http://divandocomsonia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa que linda e profunda essa sua poesia Arthur!
    Nós temos que sermos nosso amigo primeiramente, temos que nos amar primeiramente para só assim sermos amigo do outros, ou amarmos o outro sempre...
    Parabéns pelo lindo post!
    Abçs

    ResponderExcluir